por James McCrae, do blog S#HIT YOUR EGO SAYS traduzido por SatBhagat Singh Khalsa

“O principal objetivo[do Kundalini Yoga é despertar todo o potencial da consciência humana em cada indivíduo; ou seja, reconhecer nossa consciência, refiná-la e expandi-la para nosso ser ilimitado. Limpar qualquer dualidade interna, criar o poder de ouvir profundamente, cultivar a quietude interior, prosperar e fazer tudo com excelência” – Kundalini Research Institute

Técnicas do Kundalini Yoga

Alongar, respirar, pular, correr, dançar, gritar, entoar, meditar. Qualquer kriya de Kundalini Yoga contém uma variedade de atividades. Uma aula típica tem como estrutura o controle da respiração, a expansão da energia e o alinhamento dos chakras. Uma aula comum tem de 60 a 90 minutos de duração e é estruturada da seguinte maneira:

  1. De 5 a 10 minutos de aquecimento (geralmente com alongamentos da coluna, demonstrados pelo professor)
  2. De 30 a 45 minutos de kriya (exercícios propriamente ditos)
  3. De 5 a 10 minutos de relaxamento “savassana” (quase impossível não dormir)
  4. De 11 a 31 minutos de medição (pode incluir mantras ou mudras específicos)

Segundo a 3HO, as aulas de Kundalini Yoga devem seguir estas diretrizes:

  • Entrar em sintonia com o Adi Mantra: entoar “Ong Namo Guru Dev Namo” três vezes antes de começar os aquecimentos, os kriyas ou a meditação.
  • O Kundalini Yoga é o yoga da consciência. Ouça seu corpo; faça o que der certo para você.
  • Desafie-se a continuar toda vez que achar que chegou ao seu limite. Por exemplo, se você acha que só consegue fazer um minuto de um exercício, tente fazer um minuto e dez segundos.
  • Siga as diretrizes! Mantenha a ordem e o tipo de postura. Não ultrapasse os tempos descritos. Se quiser encurtar um exercício, encurte proporcionalmente todos os outros do mesmo kriya (isto é, reduza todos pela metade ou em quatro).
  • Durante a aula, sinta-se livre para pedir qualquer explicação sobre um exercício ou outros aspectos da prática.
  • Beba água durante os exercícios.

“Que o eterno sol te ilumine E todo o amor ao seu redor E a luz pura interior Guie o seu caminho” —Canto de encerramento das aulas

Terminologia do Kundalini Yoga

Kundalini: A energia em forma de espiral, latente na base da coluna, muitas vezes considerada a energia “divina feminina”. É também a prática de yoga para despertar essa energia.

Sat Nam: “Eu sou a verdade” (Sat é “verdade eterna”, Nam é “nome”) – cumprimento comum entre os praticantes.

Shakti: Palavra de origem hindu que significa “poder do divino” – é considerada a força vital e sagrada presente em toda a criação.

Mantra: Palavra ou som repetido durante a meditação.

Wahe guru: Literalmente significa “maravilhoso professor” no Punjab. Essa palavra implica honra e respeito ao Brahman.

Brahman: No hinduísmo, Brahman significa “realidade imutável em meio ao mundo e além dele”. No Kundalini Yoga, tem a ver com a natureza divina de todas as coisas.

Kriya: Série orquestrada de movimentos e meditações – o conjunto único de ações durante uma aula. Ao contrário do Bikram, que tem apenas um kriya (você repete a mesma sequência toda aula), no Kundalini existem centenas de kriyas. Cada aula é uma experiência única.

Respiração do fogo: Respiração rápida, ritmada e contínua – uma das principais técnicas de respiração do Kundalini.

Asana: Qualquer variação de postura – o modo como o yogi se senta, fica de pé ou posiciona as mãos.

Gyan mudra: Posição das mãos muito comum nas meditações, em que o dedo indicador toca o dedão.

Pranayama (ou Prana): Controle da respiração (e consequentemente o controle da energia vital).

O que é um chakra? Toda a matéria, incluindo o corpo humano, é energia. Nosso corpo é ancorado por sete pontos energéticos chamados chakras, pequenos centros de força que alimentam nossa vitalidade. Quando um desses centros de energia está bloqueado (como o carburador de um veículo com defeito), todo o sistema para de funcionar adequadamente. Um dos propósitos do Kundalini Yoga é limpar os bloqueios dos chakras (podem ser bloqueios emocionais, mentais, espirituais ou físicos) para que a energia flua livremente.7-chakras-beginners 1. Chakra da coroa (no topo da cabeça) 2. Chakra do terceiro olho (entre os olhos) 3. Chakra da garganta (na garganta) 4. Chakra cardíaco (no centro do peito) 5. Chakra do plexo solar (no ponto do umbigo) 6. Chakra sacral (na região dos órgãos sexuais) 7. Chakra raiz (na base da espinha)

“Que o eterno sol te ilumine E todo o amor ao seu redor E a luz pura interior Guie o seu caminho” —Canto de encerramento das aulas

Open chat
Olá!
Podemos te ajudar?