Quando apegados, nós evitamos a todo custo nos deixar desprender de situações, opiniões ou mesmo pessoas, porque colocamos nossa segurança interna em qualquer lugar fora de nós. Essa é uma experiência muito dolorosa, e é importante saber que o apego é um padrão de sofrimento autoimposto. O apego, que surge do Medo, (seja de perder a razão, ou a segurança das nossas convicções, ou a sensação de segurança em elementos externos e circunstanciais) é algo que nos enclausura.

O apego revela a fragilidade da relação com a nossa essência, com a nossa identidade. Quando estamos abertos, desapegados, sem oferecer resistência à vida, buscando nos relacionar com a realidade sem os moldes da fantasia, do julgamento e do hábito.

A resiliência, a capacidade de adaptação, acontece quando não oferecemos resistência à vida. Onde há resistência não há resiliência.

“Todas as vezes que penso que eu me resumo em mim, que me coloco numa posição crítica, inquieta, julgadora e não me abro para experimentar o outro; todas as vezes que tenho pretensão de pensar que a minha dor é só minha e que ninguém mais tem essa dor ou que o conhecimento é só meu e ninguém mais tem esse conhecimento; quando me coloco nesse lugar e julgo o mundo inteiro a partir da minha única perspectiva, eu me recolho na vida e perco a minha vastidão.”
Gurusangat Kaur Khalsa

Esse é o tema de nossas aulas esta semana, e a prática indicada é uma Meditação para a Tolerância. Muito simples, muito efetiva.

MEDITAÇÃO PARA A TOLERÂNCIA 
Como ensinada por Yogi Bhajan a Gurudev Singh Khalsa

“Tolerância é lidar com a realidade como ela é, e não como gostaríamos que fosse”
Yogi Bhajan

Mudra: entrelace os polegares frente ao coração. Os dedos das mãos estão juntos e retos.

A palma direita está voltada para baixo, enquanto a palma esquerda está voltada para a frente.

Mantra: Ong Kar

OOOOONNG (projetando o som como em “Ong Namo Gurudev Namo”) KAAAAR (pronuncia enquanto expira o ar pela boca, como um suspiro).

Olhos: fechados

Respiração: Inspire (pelas narinas) para começar a entoar o Mantra, termine de entoar (Kaaaar) expirando pela boca.

Aqui  o áudio para você acompanhar na sua meditação

Sat nam!

Open chat
Olá!
Podemos te ajudar?