Confira abaixo as instruções para essa prática, e em seguida os comentários de Yogi Bhajan sobre ela.

 

  1. Sente-se em Postura Fácil com a coluna ereta. As mãos estão em Gyan Mudra com o primeiro dedo e o polegar se tocando.

a) Suba a parte superior do braço paralela ao chão e traga o mudra em frente aos olhos de modo que os polegares e indicadores de cada mão toque a parte superior do nariz. Abra bem os olhos e fixe-os no horizonte, além das mãos.

b) Inspire profundamente e separe as mãos 90-112 cm mantendo os olhos fixos. Expire e retorne à posição inicial. Os cotovelos se moverão um pouco, mas mantenham-os relaxados.

Comece com um movimento lento, um ciclo de respiração durando 4 segundos. Enquanto as mãos vão para fora com a inspiração, mentalmente vibre Saa. Quando retornam, vibre Taa. Então, na segunda repetição, mentalmente vibre Naa na inspiração. Enquanto retorna, vibre Maa. Medite na energia da vida da respiração. O sentimento de alongar a respiração para fora no máximo de extensão dos mudras, é essencial. Depois de 2-3 minutos, aumenta a velocidade para 3-4 segundos para cada ciclo de Saa-Taa-Naa-Maa. Continue por 3 minutos.

 

2. Inspire e relaxe com os braços e ombros totalmente cedidos para baixo. Nenhum mudra é necessário, apenas relaxe. Medite no Chakra da Coroa no topo da cabeça. Se você tiver que se concentrar de qualquer maneira, concentre a sua energia na fontanela anterior, no topo da cabeça. Coloque toda a sua concentração em relaxar totalmente nestes dois centímetros e meio quadrados do crânio. Continue por cerca de 15 minutos.

Tempo: Você pode aumentar o tempo da meditação e relaxamento lentamente por um período de semanas. No final das contas, você pode fazer o Exercício 1, por 11 minutos acompanhado de Exercício 2, por 31 minutos.

 

Comentários do Yogi Bhajan:

Você nasceu e foi feito para ser positivo e criativo. A criatividade de sua existência é ilimitada. Porque não temos o hábito de constância estabelecido em pensamento e ação, criamos padrões negativos em nossos pensamentos e ações: geramos as nossas próprias depressões. Esta meditação o levará a avaliar e medir quão positivo ou negativo você é. Também o fará positivo e feliz. Ela foca na extensão da respiração. No subconsciente, respiração respiração e vida são sinônimos. Ao meditar desta maneira, a depressão pode ser aliviada. Se você for fizer corretamente, haverá uma pressão tremenda sobre as glândulas linfáticas. Os dois lados do cérebro se coordenarão e separarão. Estas pessoas infelizes que usaram maconha em algum momento de suas vidas ganharam hemisférios confusos. O efeito é dispersão periódica, falta de motivação, depressão ou alienação. Isto pode ocorrer a qualquer tempo ao longo de toda a vida, mesmo depois de anos de abstinência do uso da droga. O corpo precisa ser reajustado através de um jejum adequado de beterraba e da banana. Este exercício também ajudará a coordenar as funções do cérebro.

 

Com amor e orações,

Professores Har Rai

Olá!
Podemos te ajudar?
Powered by