Meditação: Pare os Tambores da Guerra

Tarn Taran Kaur Khalsa é Professora de Kundalini Yoga, e foi aluna direta de Yogi Bhajan. Casada com Tarn Taran Singh Khalsa, vive em Santa Fé, nos Estados Unidos. Ela compartilhou conosco uma história com Yogi Bhajan, quando ela e o marido se estabeleciam na Alemanha, na iminência da Guerra Fria. Ela nos encoraja esta prática hoje, para nossos tempos.

“Agora é a hora de meditar sobre esses sons…

Tarn Taran Singh e eu nos mudamos para Hamburgo, Alemanha, em 1975 e abrimos o primeiro Kundalini Yoga Ashram. Durante os anos 1980, os tanques russos se alinharam na fronteira da Alemanha Oriental, que ficava a 20 minutos de Hamburgo. Todo o país estava muito tenso com essa ameaça da Guerra Fria.

Eu chamei Yogi Bhajan e perguntei a ele se deveríamos deixar o local. Ele disse: ‘Fique. Entoe Sat Naraayan com projeção cristalina e pureza de coração. Entoe para parar os tambores de guerra’.

Entoe, entre em contato com sua comunidade. Faça sua voz conhecida em muitos locais”.

Yogi Bhajan já havia alertado que estes são tempos de muita agitação, muita sujeira sendo trazida à tona, para permitir as mudanças que precisamos construir. Nossa Professora Gurusangat Kaur Khalsa resume: “Essa é a famosa Era de Aquário, em que todos os processos até então conhecidos vão ser remexidos, e sempre, num processo de transformação”.

Diante dessa transformação, podemos nos mobilizar por nossa escolha e compromisso, ou podemos nos aquietar até que as circunstâncias nos levem a sair do lugar. Podemos assistir às injustiças, à violência e à dor, silenciando nossos desafios sob o tapete, ou podemos realmente nos comprometer em ser uma luz de esperança e força, assumindo as contradições da nossa própria existência, e lidando com elas no melhor modo possível, à luz da nossa Consciência.

Podemos nos perceber como uma comunidade global, que compartilha a experiência humana neste planeta. Nesse sentido, cabe a nós fazer desta a experiência mais feliz, bela e vasta que pudermos. Cabe a nós ultrapassarmos as fronteiras que nos cerceiam, os territórios de medo e reatividade que nos afastam. Muros que construímos, espaços que nos acostumamos a habitar.

A paz não é uma quietude infinita sobre a qual se assentam os inertes. A paz é uma consciência, fruto de ações de justiça, igualdade e compaixão.

Nossa ação precisa ser aquela que garante a justiça e a igualdade por onde passamos. Essa bandeira não precisa sempre ser carregada pelas palavras, aos brados. Ela pode ser carregada pela sua presença, pela sua frequência e consciência.

MANTRA: SAT NARAYAN

Sat Narayan Wahe Guru

Hari Narayan Sat Nam

Entoar este mantra dá paz interior, felicidade e boa fortuna. Faz de você intuitivamente claro e puro em sua consciência. Mesmo uma pessoa com baixa autoestima pode se tornar majestosa, entoando-o. As palavras invocam os vários nomes de Deus para ajudar a trazer prosperidade, paz da mente e a capacidade de olhar além deste mundo para compreender o Infinito.

Você pode se assentar com as mãos em Gyan Mudra (polegares e indicadores unidos, sobre os joelhos) e entoar esse mantra. Clique abaixo para ouvir a gravação.

Sat Narayan é o Verdadeiro Sustentador

Wahe Guru é a Sabedoria Indescritível

Hare Narayan é o Sustentador Criativo

e Sat Nam significa Verdadeira Identidade.

Com Amor e Bênçãos,

Prem Bhagat Singh

Open chat
Olá!
Podemos te ajudar?